Indeciso… O que serei?

As profissões, com certeza, são preocupações de muitos quando terminam o colégio. É uma fase da vida em que acaba sua formação básica e você precisará escolher uma carreira para se especializar.

É difícil escolher mesmo porque, hoje em dia, as possibilidades são muito diferentes. Temos máquinas para executar funções antigas que antes eram feitas pelas pessoas, e existem profissões novas que surgiram com o tempo. Mas, para os indecisos, é possível escolher uma profissão, sim. Por mais que a pessoa não se considere boa em exatas, humanas, artes ou em qualquer outra coisa, todos têm uma facilidade em fazer algo. Por exemplo, alguém pode não ser bom em matemática e história, mas saber em cozinhar bem. Basta seguir a carreira de culinária.

É importante dizer que ninguém está perdido. É apenas uma questão de tempo até encontrar sua habilidade e fazer dela a sua vida.


Carlos Truglia Bastos, nasceu em 13 de agosto de 2004. Aos 4 anos de idade, apaixonou-se por astronomia e desenho. Aos 11 anos, queria seguir carreira artística, mas nunca fez aulas e, portanto, deixou de lado. Aos 13, já sonhava em ser astrônomo. Aos 15 anos, descobriu que sua ciência favorita era física e hoje busca se tornar um físico.

>
Rolar para cima