Ser ou não ser: que profissão seguir?

A escolha de uma profissão tem se tornado uma das maiores angústias dos jovens. As indecisões e inseguranças, além da pressão exercida por familiares, são fatores que contribuem para a dificuldade na escolha de um ofício. É exatamente por isso que facilitar o processo de escolha profissional tem se tornado o objetivo de muitas escolas. Afinal, essa é a grande decisão da vida desses jovens.

  Tratando-se das causas que levam a essa indecisão, vale destacar a grande quantidade de opções atrativas que são oferecidas ao jovem. São tantas alternativas boas que fica difícil escolher apenas uma para seguir pelo resto de suas vidas. Assim, fica clara a necessidade de que a orientação, na hora da escolha de uma profissão, é extremamente necessária.

  Agora, entre os outros fatores que levam a essa dificuldade nas escolhas desses jovens, vale destacar a pressão exercida por familiares. Muitos pais buscam causar uma influência nesses jovens para que sigam uma profissão que dê dinheiro, por exemplo. Mas isso acaba apenas agravando as indecisões desses adolescentes. Isso apenas destaca a gravidade de pressionar esses jovens.

  Em síntese, é possível perceber que a escolha de uma profissão tem se tornado realmente difícil. Por isso, uma orientação adequada e um autoconhecimento sobre os interesses são extremamente necessários. Esse é apenas um passo para facilitar a escolha desses jovens.

Beatrice Ribeiro Michelini


Biografia: meu nome é Beatrice, tenho 15 anos e estou no Nono ano. Ainda não sei ao certo que área irei seguir, mas pretendo ser historiadora, no momento. Sei que, muito provavelmente, irei decidir mudar de área muitas vezes, mas tenho certeza de que, com a orientação correta, conseguirei decidir seguir uma área que eu realmente goste.

>
Rolar para cima